segunda-feira, 6 de julho de 2020

À MANEIRA DE BENAMOR LHOPES - Alexandre O’Neill



À MANEIRA DE BENAMOR LHOPES



A vida não é feita de abrolhos.
É de abr’olhos.

A vida não é de escolhos.
É de escolhas.

Por que me olhas e m’olhas?
Por que me forras a alma
com o relento de um sentimento?

Serei eu a tua escolha?

Abre os olhos e olha,
que eu já me escolhi em ti!

Alexandre O’Neill


sábado, 4 de julho de 2020

Canción Con Todos - Mercedes Sosa




Mercedes Sosa


Salgo a caminar
Por la cintura cósmica del sur
Piso en la región
Más vegetal del viento y de la luz
Siento al caminar
Toda la piel de América en mi piel
Y anda en mi sangre un río
Que libera en mi voz
Su caudal

Sol de alto Perú
Rostro Bolivia, estaño y soledad
Un verde Brasil besa a mi Chile
Cobre y mineral
Subo desde el sur
Hacia la entraña América y total
Pura raíz de un grito
Destinado a crecer
Y a estallar

Todas las voces, todas
Todas las manos, todas
Toda la sangre puede
Ser canción en el viento

¡Canta conmigo, canta
Latinomericano
Libera tu esperanza
Con un grito en la voz!

Todas las voces todas
Todas las manos todas
Toda la sangre puede, ser canción en el viento
Canta con migo canta, hermano americano
Libera tu esperanza con un grito en la voz

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Nada te direi - Armando Guebuza

 

Nada te direi

Se me perguntares quem sou
Com esta cara cavada de bexigas da maldade, com um sorriso sinistro

Nada te direi, nada te direi

Mostrar-te-ei as cicatrizes de séculos que sulcam as minhas costas negras
Olhar-te-ei com olhos de ódio vermelhos de sangue vertido durante séculos
Mostrar-te-ei minha palhota de capim a cair sem reparação
Levar-te-ei às plantações onde de sol a sol me encontro dobrado sobre o solo
Enquanto trabalho árduo mastiga meu tempo
Levar-te-ei aos campos cheios de gente onde gente respira miséria em toda a hora

Nada te direi

Mostrar-te-ei somente isto e depois mostrar-te-ei os corpos do meu povo
Tombados por metralhadoras traiçoeiras, palhotas queimadas por gente tua

Nada te direi

E saberá porque luto.


quarta-feira, 1 de julho de 2020

NOVA TESE FEMINISTA - Gioconda Belli




 
NOVA TESE FEMINISTA

Como dizer-te
Homem
que não me fazes falta?
Não posso cantar a libertação feminina
se não te canto
e te convido a descobrir libertações comigo.
Não gosto de gente que se engana
dizendo que o amor não é necessário
-"temo-los, eu tremo"

Há tanto de novo que aprender,
formosos cavernícolas a resgatar,
novas maneiras de amar que ainda não inventamos.

Em nome próprio declaro
que gosto de me saber mulher
frente a um homem que se sabe homem,
que sei de ciência certa
que o amor
é melhor que as multi-vitaminas,
que o casal humano
é o princípio inevitável da vida,
por isso não quero jamais libertar-me do homem;
amo-o
com todas as suas debilidades
e gosto de compartilhar a sua teimosia
todo este amplo mundo
onde ambos somos imprescindíveis.

Não quero que me acusem de mulher tradicional
mas podem me acusar
tantas quantas vezes quiserem
de mulher.


NUEVA TESIS FEMINISTA

¿Cómo decirte
Hombre
que no te necesito?
No puedo cantar a la liberación femenina
si no te canto
y te invito a descubrir liberaciones conmigo.
No me gusta la gente que se engaña
diciendo que el amor no es necesario
-"témeles, yo le tiemblo"
Hay tanto nuevo que aprender,
hermosos cavernícolas que rescatar,
nuevas maneras de amar que aún no hemos inventado.
A nombre propio declaro
que me gusta saberme mujer
frente a un hombre que se sabe hombre,
que sé de ciencia cierta
que el amor
es mejor que las multi-vitaminas,
que la pareja humana
es el principio inevitable de la vida,
que por eso no quiero jamás liberarme del hombre;
lo amo
con todas sus debilidades
y me gusta compartir con su terquedad
todo este ancho mundo
donde ambos nos somos imprescindibles.
No quiero que me acusen de mujer tradicional
pero pueden acusarme
tantas como cuantas veces quieran
de mujer.