sexta-feira, 24 de abril de 2009

"Faz-se caminho ao andar..."


25 de Abril de 1974

O caminho faz-se a andar

Caminhante, são teus rastos
o caminho, e nada mais;
caminhante, nãocaminho,
faz-se caminho ao andar.
Ao andar faz-se o caminho,
e ao olhar-se para trás
vê-se a senda que jamais
se há-de voltar a pisar.
Caminhante
, nãocaminho,
somente sulcos no mar.

* * * * * * *

Caminante, son tus huellas
el camino y
nada más;
Caminante, no hay camino,
se hace camino al
andar.
Al
andar se hace el camino,
y al
volver la vista atrás
se ve la
senda que nunca
se ha de
volver a pisar.
Caminante no hay camino
sino estelas en la mar.

António Machado



2 comentários:

Maria disse...

... golpe a golpe, verso a verso...

Bom fim-de-semana, Camarada
Viva o 25 de Abril!

Méon, disse...

Fiz uma visita mais demorada aos postais destes dias. Muito bem, amigo Cid! Gostei muito!

Abraço afectuoso