sábado, 21 de novembro de 2015

O analfabeto político - Bertolt Brecht

O analfabeto político


O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

Bertolt Brecht


“Não há nada mais político do que dizer que religião e política não se misturam.”
Desmond Tutu

1 comentário:

Mar Arável disse...

Os analfabetos políticos elegeram Cavaco
consentiram não ser ouvidos na construção desta europa
mastigam nas urnas votos secretos
festejam nas esplanadas os mortos que ajudaram a desnascer
e alguns frequentam os confessionários
a rastejar com velas acesas e flores ensanguentadas
Os analfabetos políticos não são inocentes