domingo, 14 de setembro de 2014

O maior poema - Mário Dionísio


«Reunião Clandestina», óleo s/ t - 1947 de Mário Dionísio



O maior poema

Como os outros
como os outros
sem nada mais que os outros
sentindo como os outros
pensando como os outros
e sofrendo e lutando
e morrendo
como os outros

Mário Dionísio

1 comentário:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Ah, se os outros fossem como o poeta nos conta...